Descoberta das Arábias

Experiência das 1001 noites em Campo de Ourique

Um bar luso-árabe, nascido do amor do tunisino Aymen, primeiro por uma portuguesa e depois por Lisboa. Este sentimento salta à vista no nome dado a algumas infusões: Chá do amor, Noites do Oriente ou Beijo do Faraó.

time out 2010Qualquer um destes chás fica a matar com o «bric à l'oueuf», um pastel tunisino recheado de queijo e salsa, ou com as saborosas chamuças da casa. A condizer a música é do Magreb, mas fica a matar com caipirinhas ou mojitos entre outros cocktails

A bebida mais singular da casa será a cerveja com menta. Se Aymen veio da Tunísia, a maior parte dos móveis vieram de Marrocos. O ambiente é ideal para se fumar uma shisha, falar da obra de Paul Bowles e preparar uma próxima incursão ao deserto.

Especialidades: Couscous, Tagine, Salada tunisina.

Happy Time